DayTrippers – Paixão em Viajar

Parque Nacional Los Glaciares: Perito Moreno E A Capital Do Trekking Na Argentina

 alt=

Amanhecendo no Glaciar Perito Moreno

Localizado na patagônia andina, é considerado um dos maiores parques da Argentina, sendo quase metade de sua área coberta por geleiras.

O parque é dividido em 3 áreas: a parte sul, que se pode ter acesso pela cidade de El Calafate, a área central, de acesso bem limitado, entre os lagos Argentino e Viedma, e a parte Norte, correspondente à região de El Chaltén.

El Calafate

 alt=

A simpática El Calafate e o nosso carro

Uma cidade cheia de charme, possui um centro turístico rústico, com construções em madeira e várias lojas de artesanatos, bons restaurantes e bares.

El Calafate está em constante crescimento turístico, e os preços acompanham esse ritmo, o que fez com que fossemos direto ao assunto: conhecer o imponente Glaciar Perito Moreno, a terceira maior área de gelo do planeta (com uma superfície de 250km2), depois do Polo Norte e da Antártica. É fantástico observar o espetáculo promovido pela geleira quando algum pedaço dos enormes paredões de gelo desprendem-se, gerando um forte estrondo, semelhante a um prolongado e forte trovão, impressionante! Entrada – USD 25.

O imponente glaciar Perito Moreno

Para os bolsos mais folgados há outras opções de passeios bem mais caras, para apreciar a geleira mais de perto, como os tours de barco e a caminhada sobre o Perito Moreno.

Existem inúmeros hotéis, hostels e campings na cidade. El Ovejero é uma boa opção para quem quer acampar, tem restaurante, internet, aérea arborizada e está praticamente no centro da cidade, por isso também não é o mais econômico. USD 13 por pessoa mais USD 5 para estacionar o veículo. É muito comum na Argentina, cobrarem uma taxa extra nos campings para quem está de carro.

El Chaltén

Pequenos diante da magnitude do Fitz Roy

Autodenominda “capital nacional do trekking”, a vila de apenas mil habitantes, é cercada por grandes montanhas e tem um clima bastante despojado e jovem, frequentada por mochileiros do mundo todo.

A entrada para o Parque Nacional Los Glaciares em El Chaltén é gratuita e possui inúmeras trilhas para percorrer em diferentes níveis de dificuldade. Não é necessário guias pois os percursos são muito bem sinalizados.

Os trekkings mais populares são o Cerro Torre e o Cerro Fitz Roy, o segundo é imperdível e também mais puxado, sendo 25 KM, ida e volta. Fizemos esse trajeto que passa por vales, lagunas e rios, na última parte do percurso a subida é tão íngreme que chega a ser necessário usar as mãos as vezes, e quando finalmente se alcança o topo da montanha, se depara com a belíssima laguna de Los Tres – em tom esverdeado – formada pelo derretimento de geleiras e a base das impressionantes formações rochosas do Fitz Roy.

Aos pes do Fitz Roy

O ideal é fazer o trajeto em dois dias, parando nos campings agrestes (gratuito e sem infra estrutura) delimitados pela administração do parque.

Ficamos na cidade 4 dias no camping El Relincho, é muito bom, mas vale a pena pesquisar, pois existem hostels no mesmo valor (USD 12 diária). A vila, apesar de cercada por montanhas, possui correntes de vento fortíssimas o que nos fez armar a barraca de chão.

Confira a galeria de fotos do Parque Nacional Los Glaciares!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *