DayTrippers – Paixão em Viajar

Nossos primeiros 10 dias na China

Geralmente nossas novidades chegam primeiro ao facebook mas na China resolvemos fazer esse post contando um pouco nossas primeiras impressões, uma vez que não temos tido muito acesso a internet e o facebook e outros sites são bloqueados por aqui.

China

A grande muralha da China!

Para entrarmos na China com o nosso carro, precisamos de placas e carteiras de motorista chinesas e também de um guia sempre conosco. Isso são regras do país e para minimizar os custos (que não foi nada barato) fizemos um grupo para dividir as despesas com guia e documentação.

China

Placa e carteiras de motorista chinesas

Marylin e Renaud (franceses) com seus 3 lindos filhos de 6, 4 e 2 anos de idade (relatam a viagem no www.untouracinq.com) Silvan e Gaella também franceses, com o filho de 3 anos e a cadela Shanti e Anne e Walter, um casal de alemães. Precisamos dirigir em comboio o tempo todo e ainda estamos em processo de adaptação a uma viagem em grupo, estilos e idades diferentes, todos prezam muito pela liberdade na estrada e juntos temos que chegar a acordos que atendam as necessidades de todos. Nós não temos banheiro no carro, outros tem crianças com horários mais estabelecidos para comer, e um deles dirige um caminhão bem antigo que faz com que a nossa velocidade media não ultrapasse dos 70km/h. Mas aos poucos vamos ajustando tudo isso com as longas distâncias na China, com o trânsito caótico das cidades e com o nosso guia Chinês Jerry, que fala inglês muito bem, mas não é muito bom em comunicação.

Depois de dois longos dias na fronteira (a mais longa até hoje) finalmente saímos para conhecer a famosa China. Confesso que depois de quase 2 meses na Mongólia só curtindo a natureza e quase não vendo gente, a mudança foi drástica, mas muito positiva. De cara gostamos muito do que vimos, gente simpática na rua, bicicletas elétricas por todos os lados, um comércio de infinitas variedades, uma culinária simplesmente maravilhosa, muita luz e karaokes por todos lados e obviamente uma cultura muito forte, com tradições milenares. Já tínhamos uma ideia do que seria a China, mas não nessa dimensão.

China

Nosso primeiro jantar chinês em grupo, uma delícia a comida!

China

Matando a saudade de um sashimi e preparando o risotto de camarão com arroz negro.

Já fizemos bastante turismo também, aliás, por falar em turismo aqui ele acontece mesmo em massa e não tem como fugir. Muita gente, fila e muito caro para conhecer as maravilhas que até então superaram as nossas expectativas. Visitamos a Grande Muralha da China, a cidade proibida em Pequim, as cavernas de Yungang com 55 000 Budas esculpidos na pedra, a pagoda de madeira mais alta e mais antiga do mundo, a cidade murada de Pingyao e os famosos guerreiros de Xian, um enorme exército de estátuas de barro (terracota) de 2000 atrás.

China

Cidade proibida em Pequim e muita chuva!

China

As impressionantes cavernas de Yungang

China

A cidade murada de Pingyao, a noite ainda mais bonita com a iluminação típica daqui.

Tudo muito interessante, principalmente os chineses, uma cultura muito diferente da nossa e é inevitável notar alguns hábitos que, para nos ocidentais, são um pouco diferentes. Já vimos varias pessoas caminhando de costas por exemplo, isso deve ter algum motivo, mas ainda não descobrimos qual, também já presenciamos umas danças matinais em grupo que parecem ensaio coreográfico, mas que já percebemos que é o exercício matinal dos chineses. Escarrar é um hábito muito rotineiro, mas as vezes ainda nos assustamos quando vem muito do fundo da garganta e logo do nosso lado. Eles também se divertem com a gente, impressionante como ficam curiosos quando nos veem, sempre rodeando o Curumim, colocando a cara na janela do carro, tirando fotos e nos assistindo por alguns minutos, as vezes sem falar uma palavra…vai saber o que é que essa gente pensa de nós, o que eles acham esquisito…

China

Turminha curiosa fazendo revezamento na porta do Curumim enquanto a gente prepara o almoço.

China

Atividade física matinal na China

Ficaremos 30 dias na China e devemos rodar algo em torno de 6000km, algo bem fora da nossa realidade na estrada, portanto além de corrido tem sido cansativo pois estamos dirigindo muito além da nossa média e isso também tem aumentado consideravelmente os nossos gastos, deixando o nosso budget lá no alto. Só de pedágio, gastamos em média R$60 por dia, mas em compensação as estrada são ótimas.

Por enquanto é isso, vejam as fotos que ilustram melhor um pouco desses primeiros dias na China e aos poucos vamos mandando mais novidades.

China

Nascer do sol.

China

Impressionados com a habilidade deles para comer tudo usando o hashi.

China

A muralha é de tirar o fôlego!

China

Templo Budista na entrada das cavernas de Yungang, estátuas entalhadas em madeira.

China

Caverna de Yungang

China

Um dos 55 000 budas esculpidos na caverna de Yungang.

China

Pagoda de madeira mais alta e antiga do mundo.

China

A iluminação típica deixa tudo ainda mais bonito.

China

A charmosa cidade murada de Pingyao.

China

Os guerreiros de Xian, reparem como as fisionomias são diferentes.

China

É um exército de 6000 estátuas de barro.

China

Mais guerreiros de Xian.

3 comentários sobre “Nossos primeiros 10 dias na China

  1. José Eduardo R Azevedo

    Sensacional! As diferenças culturais, a arquitetura – e mesmo as companhias “forçadas” – fazem desta parte da viagem um momento inusitado, para ser saboreado em sua intensidade. Pelas fotos já deu para ter uma noção dessa diversidade e da sua intensidade. Aproveitem ao máximo e, tendo chance, contem pra nós o quanto antes! Abs!

    1. Rafael Avila

      Valeu José Eduardo por estar sempre viajando com a gente. É, a China foi um pouco de tudo isso e foi bom demais! Abracao!

  2. Pingback: DAYTRIPPERS – Nossos Primeiros 10 Dias na China | Overlander Brasil

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *