DayTrippers – Paixão em Viajar

Maragogi: Água Azul Como Jamais Vimos No Brasil

A água azul de Maragogi, Isa embaixo do coqueiro

Quando chegamos em Maragogi não tínhamos ideia de onde ficaríamos. O litoral nordeste é bem caro, nem sempre há campings e chegamos um pouco tarde depois de passar a tarde apreciando a beleza da Praia de Carneiros em Pernambuco. Perguntando aqui e ali encontramos o camping do Jesus, mas Jesus não estava. Eis que surge Jesus, um sujeito barbudo, magro, meio loiro com sotaque dali mesmo. Jesus gosta de tranquilidade, o camping é um paraíso, pé na areia e de tarde passam saguis pra dar um “oi” aos viajantes. Mas Jesus cobra caro, R$35 por pessoa é salgado no nosso orçamento.

Na frente do camping de Jesus

Água azul em contraste com o verde dos coqueiros

Mas vale a pena, estar de frente para o mar mais azul que já vimos nas nossas vidas tem um valor inestimável. O litoral norte de alagoas é cercado por uma barreira de corais de cerca de 130km que contribui para que as águas sejam calmas e de cores impressionantes. Além disso a barreira forma piscinas naturais que são um atrativo a parte. É possível pegar um barco em Maragogi e ir até as barreiras onde se pode mergulhar com snorkel ou cilindro em águas cristalinas cheias de vida marinha. Simplesmente fantástico, mas não se deixe enganar pela história de que essa é a segunda maior barreira de corais do mundo, está bem longe de ser.

Águas calmas protegidas pelos corais


Lages, vizinha de Maragogi

Mas nós nem fomos até as piscinas naturais, quisemos mesmo relaxar em Maragogi, curtir o visual sempre azul, aproveitar o sol e caminhar pela longa praia quase vazia, cruzando apenas alguns pescadores arrastando suas redes. O camping estava completamente vazio então éramos nós e raras aparições de Jesus. No final da tarde sempre vinham os saguis, pulando de árvore em árvore chegavam ao nosso carro, verificavam se havia algo de interessante na cozinha e seguiam viagem.

Interação Isa e sagüis

Nossa bela fauna

Na cidade fomos apenas uma vez e foi o suficiente. Maragogi tem um problema sério, o turismo é dominado pelos resorts que trabalham com sistema all inclusive, então a cidade fica meio morta, não tem aquele charme que merece uma cidadezinha de praia de frente para um mar tão lindo.

Fim de tarde tranquilo

Próximos passos

Saindo de Maragogi passamos pela mais que azul praia de Lages e depois nossa rápida passagem por Maceió foi meio caótica. Cidade grande, tudo caro, não achávamos nada, nem um posto de gasolina amigável, até que a Isa negociou uma pousada por 40% do valor e aí dormimos. Aproveitamos pra conhecer as praias do Francês e do Gunga que são bonitas mas foram sugadas. Pra se ter uma ideia na praia do Gunga contamos 13 vans e 2 ônibus e o vigia do estacionamento disse que aquela 2a feira estava extremamente vazia. Melhor fugir… Ver a icônica e belíssima Foz do Rio São Francisco (veja o link), vem com a gente que vale a pena!

Por do sol na Foz do Rio São Francisco

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *