DayTrippers – Paixão em Viajar

Macedônia, Simples E Natural

Macedonia

Nós adoramos a Albânia, não há o que dizer, mas sair de lá não foi tarefa simples. Primeiro tentamos cruzar para a Macedonia por um lado do lago Ohid mas aquela fronteira não oferece o seguro obrigatório então tivemos que dar uma volta de 50km para tentar a sorte na outra. Dia de fronteira é sempre uma surpresa, geralmente o difícil é entrar no país mas dessa vez resolveram complicar a nossa saída. A Albânia é conhecida como fornecedora de maconha para a Europa e na busca de acabar com essa imagem e futuramente entrar na União Européia o país está controlando minuciosamente o que sai de lá. Pois bem, reviraram o Curumim dos pneus ao bagageiro por mais de 2 horas mas não encontraram nada. Depois disso a facada de 50 euros pelo seguro na Macedônia e saímos desanimados do outro lado.

Macedonia

Mas nem sempre a primeira impressão é a que fica, ficamos com a segunda, a do lago Ohid, que é ainda mais bonito nessa ex república iugoslava. Perto da cidade de Ohrid está a igreja de São João em Kaneo, tão bem localizada que nos deixou na em dúvida se era frequentada por religiosos ou turistas à época da construção. As composições de tijolo a vista formam padrões bem típicos da península balcânica para as igrejas ortodoxas e harmoniosos com a natureza. Além disso a península que ela ocupa tem face para o oeste e o pôr do sol da um show com o reflexo no lago e contra a silhueta da igreja.

Macedonia
Macedonia

Ohid tem outras construções interessantes como a igreja de São Naum, uma orla bem agradável e um clima praiano. Temos reparado que países sem praia sempre tem um lago que substitua e junto com o lago vem tudo que uma praia pede, sorvete, famílias passeando, crianças brincando, calçadão e feirinha hippie. Os cisnes no lago dão um toque de magia e completam o cenário. Apesar de não ser um lugar tão pequeno, estacionar o carro e dormir ali mesmo na orla foi bem tranquilo e do nosso lado um motorhome da França teve a mesma ideia. Pensamos em puxar papo na manhã seguinte mas eles saíram cedo e nós raramente levantamos antes das 9:30.

Macedonia
Macedonia

A Macedônia tem apenas 2 milhões de habitantes, é pequena, com densidade demográfica baixíssima e muita natureza. No mesmo dia que saímos do lago Ohid cruzamos uma montanha e chegamos no lago Prespa na região onde se planta maçã e de quebra ganhamos uma sacola enorme com uns 5 quilos de maçã de todas as cores de uns amigos que passavam o dia na beira do Prespa. No dia seguinte estávamos no Parque Nacional Pelister à 2.600 metros de altitude com neve e a estação de esqui quase pronta para abrir. A cada lugar desses que parávamos as pessoas nos recebiam com sorriso no rosto, curiosidade e fazer free camping nunca foi problema, até no estacionamento de um hotel pudemos ficar de graça.

Macedonia
Macedonia
Macedonia

Quantos mais conhecemos os balcãs, mais gostamos. É uma Europa mais acolhedora, amistosa e sempre de muita natureza. Quando começamos essa viagem 2 anos atrás nem imaginávamos passar por esses lugares, mas a cada dia estamos mais gratos pelos nossos caminhos terem nos trazido aqui, para conhecer esse mundo diferente e ao mesmo tempo tão semelhante ao interior do Brasil, na simplicidade, na hospitalidade e no toque de exótico que tanto nos encanta.

Macedonia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *