DayTrippers – Paixão em Viajar

La Paz: Uma Capital No Mínimo Interessante E A Famosa Estrada Da Morte

La Paz é uma cidade localizada em um extenso e profundo vale, rodeada de montanhas e picos nevados dos Andes.

Vista de La Paz do terraço do Hotel Presidente

É a capital mais alta do mundo (varia entre 3600 e 4100 metros de altitude) e muito conhecida por ser a metrópole mais indígena da América do Sul. Impressionante ver o orgulho que as pessoas tem da sua própria cultura, como souberam adaptar seu valores e crenças ancestrais ao ritmo dos novos tempos.

Típica Cholita

Como toda capital, La Paz também é bastante caótica, uma cidade cheia de contrastes e que talvez por isso, não agrade a todos. Ela se encaixa bem no tipo de viagem que nós gostamos, pois tem uma cultura extremamente forte que enche os olhos de qualquer viajante que por ali passa. Um mundo completamente diferente do nosso, por isso nos instigou.

De ônibus por La Paz, o meio mais barato

O que fazer nessa Babilônia?

A cidade possui diversas atrações turísticas, mas vamos dar destaque a duas opções que consideramos diferenciadas.

Uma delas é o free walking tour http://www.redcapwalkingtours.com, um meio econômico e prático de conhecer uma grande cidade turística. Sempre que possível buscamos esses tours, que funcionam da seguinte maneira: Você busca saber (pelo google ou nos hostels) se há free walking tour na cidade que está, se informa sobre horário, rota e um “meeting point”, um local para se encontrarem uns 30 min antes do início do tour. Os guias estarão caracterizados com a camisa do free walking tour. Os tours normalmente são de 2 a 3 horas e eles fazem um percorrido por todo o centro turístico da cidade, relatando a história de cada atrativo, mas sem entrar nos locais. Você pode voltar depois para conhecer algum lugar de maior interesse pra você. No final do tour (que normalmente tem um público bastante cativo) nós damos as “tips” (gorjeta) para os guias, de acordo com o que você pode e o quanto gostou. Os passeios normalmente são feitos com guias em inglês e espanhol.

Pessoal no Free Walking Tour

Em La Paz tivemos um guia espetacular, super atencioso que nos contou muitos detalhes e curiosidades. Fizemos o seguinte roteiro: Iniciamos na Plaza San Pedro, onde tem a prisão de mesmo nome, com histórias mirabolantes das pessoas que estão presas ou vivendo ali com suas famílias, seguimos para o Mercado Rodriguez, que é um mercado de rua onde se vende de tudo, principalmente comida, uma mistura fantástica de cores e sabores. A próxima parada foi no mercado das bruxas, onde locais compram desde ervas poderosas até feto de lhama para ser enterrado em um terreno onde se iniciará alguma construção. E não depende do que você acredita, pedreiro algum começará a construir se o feto não estiver ali, é a crença deles.

Seguimos para a Catedral San Francisco cujos espelhos prendiam as almas dos indígenas que então eram forçados a voltar sempre para rezar. Jogo sujo dos espanhóis. Em seguida fomos para a Plaza Murillo no centro da cidade, onde se localizam os edifícios do governo e o guia contou toda a história dramática da política boliviana e como o país perdeu grande parte de seu território e o acesso ao mar ao longo do tempo. Por fim seguimos para o terraço do Hotel Presidente de onde se tem uma vista panorâmica de toda La Paz, e de onde se pode fazer um rapel da janela em meio a selva de pedra. Muito interessante, recomendamos!

Nosso excelente guia

Dê uma esticadinha para a famosa Estrada da Morte

O segundo passeio imperdível é o “Camino de la muerte” que antigamente era a única via que ligava a capital do país a vilarejos indígenas na quase Amazônia Boliviana. A estrada espanta por sua altitude e largura mínima, que torna qualquer tráfego nela um grande risco.

Cruz lembrando alguma vítima da estrada

O clássico é fazê-la na descida com bicicleta, esses tours podem ser encontrados em La Paz a partir de USD60. Nós achamos que aventura maior seria cruzar com o nosso próprio carro, e fizemos. Apesar do nome e de muita história triste, o caminho é maravilhoso, com paisagens que, literalmente, nos fez perder o fôlego!

Nosso carro fazendo uma das curvas

Trafegamos em meio há uma floresta verde e exuberante e também uma queda d’água que molha o vidro de quem se aventura por ali. Apesar de termos feito subindo, recomendamos a descida que conta com vista mais panorâmica enquanto se dirige.

Ligação entre a estrada da morte e o caminho novo

Hotel Oberland, parada obrigatória para Overlanders

O Hotel Oberland em La Paz é uma excelente opção para quem deseja visitar a cidade. Parada obrigatória para overlanders (viajantes de carro). O dono é um Suíço que já viajou muito e conhece as necessidades dos viajantes, muito organizado e com todas as facilidades. Ali conhecemos muitos veteranos de estrada, foi uma excelente troca! www.h-oberland.com

Hotel Oberland em overbook

Bate papo de overlanders

Próximos passos

Lago Titicaca, um ícone pra qualquer viajante, o lago mais alto do mundo agora está pertinho.

Veja o álbum de fotos de La Paz e Estrada da Morte!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *