DayTrippers – Paixão em Viajar

Kjeragbolten: Subindo Na Pedra Sobre Um Abismo De 1.000 Metros

Saímos de Oslo já com o endereço certo de um distribuidor de peças para comprar um novo comutador da ignição para o Curumim e seguimos em direção à costa da Noruega afim de conhecer os famosos fiordes.

Lysefjord

Na estrada a caminho do Lysefjord

Foi um longo caminho, mas cheio de lindas paisagens e uma parada estratégica a 120km da capital para conhecer a Heddal Stavkirke, do século 13, uma das igrejas de madeira mais belas da Noruega. São várias “stavkirkes” espalhadas pelo país, ainda bem que ainda passaremos por outras pois são construções únicas. Seguimos viagem e encontramos um canto para estacionar o carro e passar a noite à beira de um lago. Rolou vinho e até churrasco!

Lysefjord

De frente para o Lysefjord

Dia seguinte partimos cedo pois já queríamos fazer nossa primeira trilha na Noruega, o Monte Kjerag. A trilha começa próximo à cidade de Lisybotn e tem a vista do fiorde Lysefjord. São somente 6 horas de caminhada ida e volta, mas a trilha é bastante íngreme e o visual vale todo o esforço.

Lysefjord

Rafa fotografando durante a trilha

Lysefjord

Isa na trilha

É no Mount Kjerag que fica a famosa Kjeragbolten, uma rocha presa na fenda de um paredão com 1000 metros de altura, o ponto alto da trilha. É de fato impressionante mas confesso que rolou um “medinho” ao subir nela. É um penhasco a perder de vista, daqueles que inevitavelmente você não consegue pensar em outra coisa a não ser em se jogar dali.

Kjeragbolten

Isa sobre a Kjeragbolten

Respiramos fundo e sem olhar para baixo ali fomos nós, um de cada vez, primeiro sentado e depois tentando equilibrar em pé. Até hoje não sei dizer se o medo e aflição era maior de quem subia na pedra ou de quem fotografava o seu grande amor subindo nela. Não tem nenhuma segurança, inclusive nesse dia estava ventando pra caramba, mas valeu a adrenalina de estar ali dependurado sobre esse visual fantástico!

Kjeragbolten

Rafa sobre a Kjeragbolten

Fizemos um picnic, exploramos um pouco mais a área, caminhamos aos arredores e recomendamos o mesmo para os que forem conhecer o Monte Kjerag, 15 minutos à direita da pedra está um mirante incrível para o Lysenfjord. A região é linda e sempre se tem uma vista privilegiada de diferentes ângulos. Esse primeiro fiorde nos deu a certeza que viemos para o lugar certo, teremos muitos outos pela frente e a empolgação não podia ser maior.

Lysefjord

Isa e os 1.000 metros

Com o vento nos atordoando ainda mais forte na descida, finalmente chegamos no estacionamento para pegar o Curumim já no final do dia. Ali conhecemos o Henrick, o responsável pelo local que nos permitiu passar a noite no estacionamento e de quebra ganhamos uma ducha quente depois de um longo dia de trilha!

Lysefjord

Curumim apreciando o pôr do sol

Embora a Noruega seja um país caro, na grande maioria das atrações turísticas naturais e parques nacionais não é cobrado a entrada por pessoa, somente para estacionar o carro, em média USD15, mas as vezes sai de graça pois é possível estacionar o carro um pouco mais longe e economizar.

Lysefjord

De frente para o Lysefjord

Próximos passos

Seguindo a rota dos fiordes, vamos para a icônico Preikestolen, talvez o cartão postal mais famoso da Noruega. Veja no link: http://www.daytrippers.com.br/preikestolen

Um comentário sobre “Kjeragbolten: Subindo Na Pedra Sobre Um Abismo De 1.000 Metros

  1. Diegoviajante

    Olá, gostei muito do blog, aliás acho que só aqui tive a dimensão do tamanho da Pedra (na foto da Isa sentada). Vocês tem mais fotos da pedra em si (e não da foto tradicional ?) é que to tomando coragem pra subir hehe

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *