DayTrippers – Paixão em Viajar

Huanchaco, Sipán & Máncora: Diferentes Emoções No Litoral Norte Peruano

Chegando em Huanchaco, matamos a fome com nossa invenção do momento, vinagrete com balsâmico Carbonell

Estávamos loucos para pegar uma praia e sentir calor de verdade após 6 meses de muito frio na estrada. O litoral norte do Peru é muito famoso pelas praias sempre ensolaradas e point de surfistas do mundo todo em busca das mais longas ondas do pacífico.

Local de viajantes

Primeiro passamos por Huanchaco, uma praia agradável e excelente opção de estadia para quem quer conhecer a agitada Trujillo. Nos hospedamos em um hotel que possui infra estrutura de camping para overlanders. Ainda fazia frio e o vento estava muito forte, por isso não foi ali que matamos a nossa vontade de curtir um belo dia de praia.

Surf em Huanchaco

Próximo destino, pouco conhecido, mas altamente recomendado por uma amiga do Rafa foi o Sítio Arqueológico de Sipán, localizado no munícipio de Lambayeque. Ali foi encontrada a tumba do Senhor de Sipán, um dos principais governantes Moche, cultura que dominou a costa norte do Peru nos tempos pré-incaicos.

As tumbas

Antes de irmos ao museu das Tumbas Reais de Sipán, visitamos o sítio arqueológico onde as peças lá expostas foram encontradas, ali se tem uma noção de todo o trabalho de escavação feito pelos arqueólogos (que ainda trabalham na área) e como os corpos, jóias e outros objetos foram encontrados nas tumbas. Impressionante!

O museu

Pagamos USD 3 para visitar o museu e o sítio arqueológico, e ainda rolou um “free camping” bem tranquilo no estacionamento do local.

Free camping no estacionamento

Logo seguimos para Máncora e quando chegamos já sentimos aquele clima praiano contagiante que há tempos não víamos. Já fomos para a praia e passamos o resto do dia fritando no sol e curtindo o momento de deixar as roupas de frio de lado e usar um traje de banho bem mais confortável, parecíamos duas crianças indo à praia pela primeira vez.

O surf em Máncora

Máncora é uma cidade super agradável, com restaurantes, lojas, artesanato, escolas de surf e variados tipos de hospedagens. Ficamos no camping do Tito, apesar de não ter muita infra estrutura para acampar com o carro, nos acolheu muito bem!

Acampando

Curtimos 4 dias intensos de praia, era a única coisa que queríamos fazer ali, já que muitas pessoas haviam nos comentado que Máncora é uma das praias do litoral peruano especialmente ensolaradas o ano todo. E foi o que conferimos ao sair dali, parecia que tinha uma “nuvem de sol” somente em cima da cidade.

Praia com cara de praia

Foi também em Máncora que comemoramos o aniversário do Rafa. Por isso no terceiro dia nos despedimos do camping do Tito e fomos para um hotel de frente para praia, afinal era uma data especial que merece muita comemoração! O presente dele foi básico: Um dia de muita cerveja na praia! Afinal, ele quase não gosta disso… Curtimos muito e a noite saímos para jantar. Foi ótimo!

Deixamos Máncora tristes porque queríamos mais praia, mas também felizes com a esperança que a temporada de frio, que durou 6 meses, acabava ali.

Isa e as crianças na praia.

Próximos passos

O Peru é um país fantástico, viajamos por ele 2 meses e ainda ficamos com a sensação de que precisamos voltar, pois ainda há muito o que conhecer. Gente tranquila, muita história, culinária, ruínas e belas paisagens. Sem dúvida deixará muita saudade!
Equador aí vamos nós!

Confira a galeria de fotos de Huanchaco, Sipán & Máncora!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *