Dias 31 a 40 – Ruta 3, um longo caminho até Ushuaia

A Ruta 3, diferentemente da Ruta 40 não é a queridinha dos viajantes na Argentina, mas nos surpreendeu. Essa estrada de aproximadamente 3.000km liga Buenos Aires a Ushuaia e está completamente asfaltada, uma das principais diferenças com a 40.

Tínhamos recebido informações pouco  animadoras sobre esse caminho, em geral as pessoas diziam que não tinha muito para ver, e era uma grande reta com deserto dos dois lados e muitos caminhões. Mesmo assim, como já voltaríamos ao norte pela 40, que leva a região dos lagos argentinos por exemplo, resolvemos seguir para o sul pela 3 e pagar pra ver o que viria pela frente.

A Ruta 3.

Saímos de Buenos Aires um pouco tarde, paramos em uma bela venda de alimentos artesanais, a La Chavense, onde compramos o famoso “dulce de leche” argentino, queijo e salame, tudo artesanal e de ótima qualidade, recomendado! Daí andamos mais um pouco, totalizando 246km no primeiro dia e descobrimos uma ótima parada gratuita, o camping municipal da pequena Cachari, onde fizemos um risoto de funghi, jogamos umas partidas de baralho e dormimos.

Baralho no camping de Cachari.

O segundo dia de rota deveria render mais, mas passamos um susto quando, perto de Bahia Blanca, um pneu estourou e fomos parar no acostamento. O pior foi que a borracha que desprendeu do pneu acertou a mangueira de diesel que se rompeu e o carro nem ligava mais. Com sorte logo parou um caminhão e o Daniel nos ajudou a fazer uma ligação direta na mangueira. A noite ainda foi extensa pois o único camping da cidade não parecia seguro e só fomos parar as 10 da noite em um posto para dormir na área de caminhoneiros, grátis novamente! Mas só rodamos 393km nesse dia.

Rafa guardando o pneu estourado

Isa verificando o andamento do trabalho do Daniel

Mas o dia seguinte, com 694km, nos levou ao ponto alto da ruta 3. Puerto Madryn, Puerto Piramides e a pinguineira Punta Tombo, onde vimos diversos animais, como pinguins, lobos marinhos, ñandus e os guanácos que passariam a nos acompanhar até Ushuaia.  Uma dica nesse trecho é não levar frutas frescas, verduras e carne, pois fomos surpreendidos pela primeira barreira sanitária da Patagônia e perdemos  algumas frutas e metade do nosso salame artesanal após engolir a outra metade. Por outro lado, na Patagônia o combustível passou a custar aproximadamente 30% menos. Não vou me alongar por aqui porque já falamos bastante na matéria que vale a pena ver em:  http://www.daytrippers.com.br/destino/america-do-sul/argentina/puerto-madryn-e-arredores

As estradas de terra da Peninsula Valdez.

E a rota seguiu para o trecho mais deserto e inóspito, com trechos de mais de 200km sem viva alma, apenas deserto, passamos uma noite grátis no posto de combustível YPF da minúscula Garayalde, que é de uma família acostumada a receber muitos viajantes que dormem no quintal do posto. Na sequência outros 615km nos levaram a Puerto San Julian, uma pequena cidade beira mar com um camping municipal muito agradável.

Por do sol em Puerto San Julian

O dia seguinte deveria nos levar até Ushuaia mas para se chegar ao fim do mundo argentino o viajante tem que cruzar para o Chile, atravessar de balsa o estreito de Magalhães pela primeira angostura após Rio Gallegos, percorrer um trecho chileno, estrada de terra, cruzar novamente para a Argentina, o que leva tempo e nos fez parar 200km antes de Ushuaia, em Rio Grande, onde por falta de opção dormimos em outro YPF. Não consigo expressar o frio que passamos nessa noite bastante conturbada com o barulho dos caminhões e ainda acordamos com um pneu furado.

Balsa para cruzar o estreito de magalhães.

Consertado o pneu em 7 de março, depois de 10 dias e 3.194km chegamos finalmente e oficialmente ao chamado fim do mundo, Ushuaia, a cidade mais austral do planeta, que mostramos na matéria em:  http://www.daytrippers.com.br/destino/america-do-sul/argentina/ushuaia

A ruta 3 vale a pena!

Confira a galeria de fotos da Ruta 3!

2 comentários sobre “Dias 31 a 40 – Ruta 3, um longo caminho até Ushuaia

    1. daytrippers Autor da Postagem

      Ivan, gracias! Fernando nos recibio como amigos de mucho tiempo, nos encanto! Gracias por nos seguir. Si tienes facebook nos busca en facebook.com/daytrippersbr Mucho gusto!

Responder a daytrippers Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *