DayTrippers – Paixão em Viajar

China In Box!

Depois dos 10 primeiros dias de muito turismo, começamos a questionar certas decisões do nosso guia. Por uns 4 dias consecutivos a sequência foi: dirigir, chegar ao estacionamento caro e lotado da próxima atração, visitar o lugar e depois cair na cama (barraca) exaustos para dormir e pegar estrada no dia seguinte.

China

A função do nosso guia é básica: ele nos dirige até o próximo destino, consegue um lugar para estacionarmos o carro e pronto, segue para o hotel dele e nós vamos visitar as atrações. Acontece que tanto nós quanto parte do nosso grupo queremos ver a China, o dia a dia dos lugares e não somente visitar atrações e dormir em estacionamentos que ficam fora da cidade. Sem contar que nesses estacionamentos lotados normalmente nós somos a atração, inclusive já sugerimos ao casal de franceses a fazerem um ¨extra¨ com as fotos que fazem dos filhos, pois chegam a fazer fila para tocarem aquelas crianças loirinhas e tirarem fotos.

China

Nós também somos fãs dessas 3. Louize, Martin e Elliot, filhos dos franceses Marylin e Renaud.

Como o guia não é muito dinâmico, começamos a tomar algumas decisões e tentar encontrar um lugar menos lotado para montar acampamento e dormir mais tranquilo, pois notamos que ele estava escolhendo o mais viável pra ele. Já rolaram uns bate bocas também, porque ele fala uma coisa e faz outra, bem me lembro uma vez quando nos comentaram do jeito chinês de resolver as coisas, parece que já entendemos um pouco de como funciona e estamos buscando lidar bem com isso.

Chegou o tão sonhado momento do nosso itinerário pela China, natureza! Saímos das grandes rodovias lotadas de pedágio e subimos as montanhas do estado de Sichuan na divisa com o Tibet e o astral do grupo mudou. Montanhas cênicas, populações extremamente rurais e simples, agricultura por todos os lados, acabou o trânsito, mas continuou a buzina e então nos demos conta mais uma vez de que o que a gente realmente gosta é do interior do país. Nossa meta era conhecer o famoso parque Nacional de Jiuzhaigou a atração mais cara da China até agora, R$150 por pessoa por dia, mas a decepção foi enorme quando chegamos por lá, parecia um formigueiro de gente e ônibus de turismo por todos os lados, talvez pareça exagero, mas estamos falando do país mais populoso do mundo onde 95% dos turistas são chineses.

China

Mulheres Tibetanas e seus trajes típicos.

China

Todo dia é dia de feira!

Conversei com o Rafa e chegamos a conclusão de que não compensava pagar aquele preço para conhecer em apenas 1 dia o Parque Nacional de ônibus (rola um shuttle bus dentro do parque), sendo que o que realmente gostamos é de fazer trekking, chegar nas aéreas mais remotas e acampar dentro dos parques pelo número de dias que a gente quiser. Decidido isso a próxima etapa foi conversar com o guia, pois a atração do dia seguinte ficava a uns 40 km dali e com certeza seria outro parque nacional lotado. Com muito jeitinho sugeri ao guia e ao grupo que ficássemos livres nesse curto trajeto para que cada um fizesse o que bem entendesse e deu certo, tivemos 2 dias livres!

China

Felizes da vida com o dia livre sem se preocupar com o grupo e horários.

Foi uma alegria poder percorrer no nosso tempo os lugares, nos conectar com as pessoas mesmo sendo tão restrita a comunicação, comer em restaurantes extremamente locais onde não se entende completamente nada do cardápio e finalmente encontrar o Parque Nacional Munigou que tinha no máximo 10 turistas contando com a gente. Pagamos R$15 cada, visitamos o parque por dois dias, curtimos natureza, o lugar é lindo e ainda de quebra fomos convidados pelo pessoal que trabalha na obra do parque (que em breve será mais uma grande atração da indústria do turismo na China) para o jantar.

China

Parque Nacional Munigou, Sichuan, China.

China

Muito simpática a amiga Tibetana.

China

E curiosas também!

Eles comiam e dormiam em um barracão improvisado na entrada do parque, tinham riso fácil e não conheciam a palavra China que em chinês é Zhongguo. A comida pra variar estava fantástica, e finalmente pudemos experimentar a famosa cachaça chinesa de arroz ou cevada, ainda não chegamos a uma conclusão, que é vendida em galões iguais aos de querosene. 53% de álcool e isso foi o suficiente para que saíssemos do acampamento deles relativamente embriagados com apenas um copo,cheio. Mais do que embriagados saímos de lá felizes com a oportunidade de ter vivido essa experiência na China, pois já entendemos que o país lida com um turismo de massa onde o ideal é que o turista entre pela entrada da atração, saia pela saída lotada de barraquinhas de souvenirs e pegue o ônibus de volta para o hotel. Guardadas as proporções, a necessidade de um guia na China, e nossa viagem em grupo nos coloca no mesmo eixo do turismo massificado e dificulta esse tipo de experiência que prezamos tanto. O que fizemos foi quase subversivo.

China

Jantar com o pessoal que trabalha na obra do parque que visitamos. Experiência única!

China

Reparem a cozinha improvisada.

No álbum de fotos abaixo também colocamos alguns pratos super interessantes que temos experimentados por aqui, estamos fascinados com a culinária chinesa, difícil é saber o que estamos comendo pois muita coisa nunca tínhamos visto antes. A escolha do menu é simples: olhamos o que as pessoas estão comendo na mesa ao lado, as vezes pedimos para entrar na cozinha para entender melhor o cardápio e com a calculadora sempre em mãos perguntamos o preço e fazemos o nosso pedido, até então não erramos nenhum! Impressionante a diversidade de legumes, raízes, cogumelos, brotos, tofu, grãos, bambos, folhas, ervas, pimentas, molhos,frutos do mar, carnes e noodles (o macarrão do miojo), parece simples, mas é que eles tem variados tipos de todos esses ingredientes e muito deles nós não temos no Brasil. Sem contar que nós estamos acostumados a usar os dois pauzinhos (aqui na China Kuáizi) para comer sushi e sashimi no Brasil, agora vai comer salada, ovo, carne, arroz e noodles usando o Kuáizi? Nós conseguimos, mas ficamos pelos menos 1 hora no restaurante e é claro que os chineses percebem que não somos tão habilidosos no assunto quanto eles, dão risada é claro!

China

Um dia a gente chega lá.

China

Fondue Chinês

China

Um cozido com variados tipos de legumes e carne. Delicioso!

¨Falei¨ demais hoje, mas dessa maneira que estamos fazendo, temos mais oportunidade de contar detalhes do nosso dia a dia, sem deixar de aproveitar a nossa correria divertida que tem sido a China! Abs, Isa e Rafa.

China

Nós, Renaud, Marylin e as crianças saboreando a culinária chinesa.

China

Cozinha ao ar livre.

China

Parque Nacional Munigou, Sichuan, China.

China

Parque Nacional Munigou, Sichuan, China.

China

Parque Nacional Munigou, Sichuan, China.

China

Parque Nacional Munigou, Sichuan, China.

China

Parque Nacional Munigou, Sichuan, China.

China

Tentando uma comunicação com os locais.

China

Parque Nacional Munigou, Sichuan, China.

China

Parque Nacional Munigou, Sichuan, China.

China

Parque Nacional Munigou, Sichuan, China.