DayTrippers – Paixão em Viajar

Auroral Boreal E Muita Emoção Do Outro Lado Do Círculo Polar Ártico

A medida que os dias passavam e o inverno se aproximava nós íamos para o lugar mais improvável e remoto, o norte da Noruega. Muitos tinham dito que chegar a Nordkapp, o ponto continental mais ao norte da terra, nessa época, não era uma boa ideia. Por outro lado, um norueguês que conhecemos em uma “stavkirke”, disse para irmos tranquilos. Nem precisava dizer, não desistiríamos fácil da “Ushuaia” do norte, e o caminho recompensava com outros dois sonhos: Cruzar o círculo polar ártico e ver a aurora boreal, para poder crer.

Aurora Boreal Noruega

Em busca da Aurora Boreal

A estrada seguia com belas paisagens e o frio apertando, os vilarejos foram diminuindo em quantidade e ficando mais rústicos. Em um determinado momento, parecia um anúncio que o circulo polar se aproximava, as árvores reduziram em quantidade e altura e a paisagem ficou bem próxima de um deserto, a não ser pela chuva fina que caía e deixava a sensação térmica ainda mais baixa. Chegamos ao 66º 33”, o circulo polar ártico. Existe ali um marco e um museu, que estava fechado dada a baixíssima temporada em que estávamos. Mas quem decidiu que ali iniciava a região ártica? Bom, a ideia é simples, essa é a latitude mais baixa em que ocorre um dia inteiro com o sol no horizonte, o famoso sol da meia noite, e também um dia completo sem luz no inverno. Dali pra fentre a coisa só “piora”.

Aurora Boreal Noruega

O marco do círculo polar ártico

Seguimos mais uns 350 km até chegar em Tromso, a única cidade mais estruturada na região e ponto de partida dos caçadores de aurora boreal. Encontramos na biblioteca municipal um ótimo refúgio, aquecido e com internet para pesquisarmos a atividade solar e verificar como estava a chance de vermos a aurora. De lá seguimos para nosso primeiro dia de caça, uma montanha perto da cidade, virada para um vale e longe da luz. Logo que chegamos vimos uma movimentação verde levemente delineada e tivemos certeza que era nossa primeira aurora. Depois disso ficamos mais um tempo fora e a Isa entrou no curumim para fazer um chá e não congelar. Eu fiquei até as 5 da manhã, quase congelando e vendo uma leve atividade esverdeada no céu e quando entrei demorei mais de uma hora para dormir, não conseguia me esquentar, há um determinado nível de calor que quando perdemos a recuperação é muito difícil.

Aurora Boreal Noruega

Tromso

Dia seguinte, meio felizes de ter visto uma “semi-aurora” queríamos mais e fomos ao centro de informações turísticas da cidade perguntar sobre os melhores pontos de observação e as previsões de aurora para aquela noite. Quando percebemos havia um sujeito com uma jaqueta com a bandeira do Brasil sendo atendido. Puxamos papo e conhecemos o Marco Brotto, um brasileiro, caçador fanático de aurora boreal que levava um grupo para caçar aurora ali mesmo. Viajante que logo reconhece a necessidade do outro, nos levou para o seu hotel, ofereceu chuveiro e logo parecíamos velhos amigos. Aceitamos prontamente o convite pra caçar aurora com o grupo dele naquela noite.

Aurora Boreal Noruega

Nós e o Marco

O Marco nos explicou um pouco de como o fenômeno se forma, quando explosões solares emitem radiação que ao colidir com a atmosfera da terra se envergam, passam ao redor da terra e criam efeitos luminosos mais visíveis nas regiões polares, especialmente na latitude 69 onde está Tromso. Hora de caçar!
E a brasileirada animada foi chegando e antes de entrar na van, ainda na cidade, a aurora apareceu, a noite prometia. Saímos rápido pra fugir da luz e na estrada tivemos que parar no acostamento pois a atividade estava muito forte. Auroras imensas, perfeitamente delineadas, dançando no céu. Não sabíamos pra que lado olhar, eram várias ao mesmo tempo, uma emoção única. Em um determinado momento ela foi tão forte que a estrada clareou e as pessoas gritavam de emoção. Nós também!

Aurora Boreal Noruega

Aurora Boreal na beira da estrada

Extasiados pelo espetáculo na beira da pista, quando a aurora acalmou fomos para o ponto planejado. Uma beira lago onde fizemos uma fogueira e assamos marshmallow. Compartilhamos uns biscoitos, salmao defumado, vinho e o que mais cada um tinha. A aurora dançou no céu e deu show a noite toda refletindo no lago. Fomos até as 4 da manhã, congelando e maravilhados. Depois fomos saber que aquela noite foi uma X-class, ou seja, uma atividade de aurora extremamente forte e diferenciada até para o Marco que está acostumado com a caça, que sorte. Missão cumprida!

Aurora Boreal Noruega

Formas incríveis da Aurora Boreal

 

Aurora Boreal Noruega

Nós e Aurora

Obrigado Marco e todo o pessoal que fez essa noite maravilhosa e inesquecível!
Dali em diante, saímos de Tromso sentido extremo norte da Noruega, e todas as noites quando abríamos a porta do carro, ali estava a Aurora nos acompanhando com seus movimentos mágicos.

Aurora Boreal Noruega

Aurora refletindo sobre o lago

Próximos passos

Rumo ao extremo, Nordkapp o ponto continental mais extremo da terra onde se chega de carro, na latitude 71º10`21”.

4 comentários sobre “Auroral Boreal E Muita Emoção Do Outro Lado Do Círculo Polar Ártico

  1. Marco Brotto

    Meus caros amigos, vcs são demais. É empolgante ver a jornada de vcs, que seja sempre feliz, alegre e que os desafios sejam superados com tranquilidade. Qualquer dia a gente se encontra por ai. 🙂

    1. juliana marconato

      Fiquei emocionada só em ver…. Pena q p ir será somente em meus sonhos 🙂 obrigado por vcs compartilharem 🙂 show demais grande abraço Juliana Marconato

      1. Rafael Avila

        Oi Juliana! Tudo bem? com planejamento da pra fazer tudo, quem sabe um dia? Por enquanto segue com a gente que vamos compartilhando.. beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *